New Word New Word

Notícias

Motoristas de Carga rejeitam proposta e programam greve. 27/06/2013

Mais de mil motoristas, funcionários de empresas de transportes de cargas secas e líquidas de Santos e região farão greve a partir de sexta-feira. A recusa na proposta de aumento salarial em pelo menos 9%, extensivo aos benefícios, motivou a decisão, cujo edital de aviso deverá ser publicado hoje. Se aprovado o aumento, o salário passaria de R$ 1.153,15 para R$1.256,93.

A categoria reivindica a incorporação aos salários do valor das 60 horas extras mínimas por mês, vale-refeição diário de R$ 18,00, adicional de pernoite de R$ 25,00, participação nos lucros e resultados (PLR) de R$ 600,00 e cesta básica de R$100,00.

“Nenhum acordo em separado será fechado, com qualquer empresa, antes de resolver a convenção da categoria, pois isso dividiria e desmobilizaria os trabalhadores”, garante o secretário geral do Sindicatodos Trabalhadores em Transportes Rodoviários, Eronaldo José de Oliveira, o Ferrugem. A greve, se concretizada, terá reflexos nas atividades comerciais e portuárias da região.
A greve começará na sexta-feira (28/06) por tempo indeterminado. Caso o Sindicato das Empresas de Transporte Comercial de Carga do Litoral Paulista (Sindisan) apresente nova contraproposta, ela será votada na assembleia, quint-feira, às 19 horas, no salão de jogos do clube Jabaquara. A decisão pela paralisação foi tomada domingo, durante assembleia.
 
Rejeitada
O Sindisan ofereceu reajuste salarial de 9%, extensivo aos benefícios sociais. Com isso, o salário passaria de R$1153,15 para R$1253,93. A contraproposta dos motoristas previa reajuste de 23,07% na Participação dos Lucros ou Resultados (PLR), que passaria de R$410,00 para R$500,00. Com reajuste de 23,07%, a cesta básica passaria de R$65,00 para R$80,00.
A diária na base territorial passaria de R$9,40 para R$13,50, com reajuste de 43,61%. Fora da base iria de R$11,70 para R$15,00, com reajuste de 28,20%. O pernoite na base subiria de R$16,40 para R$20,00, com reajuste de 25,71%. A contraproposta garantia o pagamento de 60 horas extras mínimas mensais, mas não as incorporava aos salários.
 
 
 
 

Outras Notícias

  • 04/08/2014 - Armazém verde no Porto de Santos e o Meio Ambiente
  • 01/08/2014 - Porto de Santos inaugura primeiro armazém verde
  • 20/05/2014 - Governo Federal inicia implantação do PORTOLOG no Porto de Santos
  • 02/04/2014 - Certificado ISO 14001:2004 - Sistema de Gestão Ambiental
  • 27/03/2014 - 10 Anos no Mercado de Despacho Aduaneiro
  • 20/02/2014 - Secretaria de Portos e CODESP Identificam Causas de Excesso de Caminhões
  • 02/12/2013 - Recomendação ISO14001:2004
  • 29/08/2013 - Manifestações vão parar principais vias das cidades da Baixada nesta sexta
  • 10/07/2013 - Sindicatos preparados para greves e protestos
  • 01/07/2013 - Greve dos Caminhoneiros
  • 27/06/2013 - Motoristas de Carga rejeitam proposta e programam greve.
  • 06/06/2013 - Creche Gente Miúda
  • 05/06/2013 - Dia Internacional do Meio Ambiente
  • 28/05/2013 - Fila de caminhões no Porto de Santos causa congestionamento de 43 km
  • 03/04/2013 - Novo acesso à Margem Esquerda do Porto será entregue em três meses
  • 03/04/2013 - Indústria defende atendimento 24 horas na liberação de cargas em portos e aeroportosdo país.
  • 28/03/2013 - Economia brasileira deve crescer 3,1% este ano, prevê Banco Central
  • 27/03/2013 - Produtor perde U$4 bilhões com caos logístico no país
  • 27/03/2013 - Desafio do BRICS é superar dificuldades econômicas e sociais para atingir o nível dos países avançados, diz Dilma
  • 25/03/2013 - Conêgo Domênico Rangoni tem trânsito bom nesta segunda-feira